Temporada 2019
junho
s t q q s s d
<junho>
segterquaquisexsábdom
27282930311 2
345 6 7 8 9
10 1112 13 14 15 16
1718 19 20 21 22 23
242526 27 28 29 30
1234567
jan fev mar abr
mai jun jul ago
set out nov dez
PRAÇA JÚLIO PRESTES, Nº 16
01218 020 | SÃO PAULO - SP
+55 11 3367 9500
  • Aplicativo da Osesp
  • Temporada 2019
THIERRY FISCHER É O NOVO DIRETOR MUSICAL E REGENTE TITULAR DA OSESP

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) anunciou hoje o maestro suíço Thierry Fischer como seu novo Diretor Musical e Regente Titular, a partir de 2020. Ele regerá a Orquestra em oito semanas na próxima temporada e, a partir daí, 12 semanas por ano. Fischer foi o eleito de um Comitê de Busca formado por músicos da Osesp, diretores, conselheiros e consultores internacionais, que ficaram impressionados não apenas com sua arte musical inspiradora, mas também com a atenção rigorosa a elementos de estilo e definição sonora nos ensaios.

 

Sobre a nomeação, disse: “Para mim, foi paixão à primeira vista. Os músicos me deixaram eletrizado, com sua energia única e vontade de dar o melhor exemplo do que pode ser uma orquestra no século 21. Sua abertura para os desafios e a atitude sempre positiva, em resposta a qualquer demanda, parece se nutrir da própria vida nesta grande cidade, tão vibrante, audaciosa e criativa. A confiança e sede de música que todos demonstram são uma força magnética altamente inspiradora. Isso já estava claro para mim desde o primeiro ensaio; e me senti de pronto identificado a eles, na aversão a simplesmente repetir o que foi feito antes, ou fazer as coisas só por fazer. Fico mais do que animado por essa chance de trabalharmos juntos, ao longo dos próximos anos”.

 

Seus próximos concertos, após este anúncio como futuro Diretor Musical, terão lugar no dia 9 de julho, data exata do aniversário e na qual se comemorará 20 anos da Sala São Paulo, às 11h e às 16h30, em apresentações gratuitas. O programa inclui a Quinta Sinfonia de Beethoven e obras escolhidas pelo público em votação online (aberta até dia 14/06).

 

A mais recente participação de Thierry Fischer numa temporada da Osesp foi em setembro do ano passado, com um programa caracteristicamente original, combinando a Sinfonia Fantástica de Berlioz (um dos carros-chefes de seu repertório) e a estreia latino-americana do Concerto Para Flauta composto por Philippe Manoury, para o solista Emmanuel Pahud. Com larga experiência nas funções de Diretor Musical – 13 anos à frente da Sinfônica de Utah (EUA) e outros cargos nas Filarmônicas de Seul (Coreia do Sul) e de Nagoya (Japão), e na BBC National Orchestra of Wales (País de Gales/Reino Unido) –, Fischer é elogiado por seus programas de grande imaginação, suas muitas gravações e ainda por contribuir efetivamente para o crescimento artístico de todas as orquestras com as quais trabalhou.

 

O contrato de Thierry Fischer com a Osesp tem duração de cinco anos, portanto, até o final da Temporada 2024.

 

PRESS-KIT (PORTUGUÊS)

PRESS-KIT (ENGLISH)

 

UMA ODE GLOBAL À ALEGRIA

E se reimaginássemos a Nona de Beethoven para o século XXI, transformando-a em um novo apelo por alegria, justiça, igualdade? Esse foi o desafio apresentado pelo Carnegie Hall a nós e a outras oito orquestras ao redor do mundo, como parte do projeto "Todos Juntos: Uma Ode Global à Alegria”. Elas criarão suas próprias traduções para o poema Ode à Alegria, de Schiller, cantado no último movimento da Sinfonia, e também proporão diálogos musicais com suas respectivas culturas. “No nosso caso, a Nona chega na moldura de um anônimo canto de capoeira da Bahia, conhecido como Navio Negreiro, tramando conversas com um trecho de uma abertura de Paulo Costa Lima, Cabinda – Nós Somos Pretos (encomenda da Osesp, em 2015). Conversa também com um adágio para cordas encomendado a Clarice Assad, que por sua vez alude ao tema de Alegria, Alegria, de Caetano Veloso – antológica canção que reage ao arbítrio, em todas as suas formas. A mesma canção também é motivo de uma breve referência na ‘Ode’ em português, em minha tradução’, conta Arthur Nestrovski, nosso Diretor Artístico.

 

O pontapé inicial desse projeto acontece aqui, em dezembro deste ano, marcando também o começo das celebrações dos 250 anos de Beethoven, em 2020. Além da Osesp, participam a National Youth Orchestra of Great Britain, as sinfônicas de Baltimore, de Sydney, da Nova Zelândia e da Rádio de Viena, as filarmônicas Kwazulu-Natal e de Joanesburgo, e uma orquestra jovem reunida pelo próprio Carnegie Hall, em Nova York – todas regidas por Marin Alsop, que idealizou o projeto juntamente ao Weill Music Institute do Carnegie Hall. “A 'Ode à Alegria' estimula cada um a se levantar e afirmar seu valor neste mundo. Seu sentido essencial é acreditar em nossa força como seres humanos”, diz Marin. “Todos se sentirão unidos por essa experiência. E creio que esse é o elemento mais importante – por meio desse projeto vamos reunir diversas comunidades, e comunidades que normalmente não trabalham juntas.”

 

Como será que "O Freunde, nicht diese Töne!” será entoado em nossa língua? O resultado você poderá assistir nos dias 12, 13 e 14 de dezembro na Sala São Paulo e no dia 15, encerrando a Temporada 2019, em um concerto no vão livre do Masp.

 

OUTROS MOMENTOS DE ALEGRIA DURANTE A TEMPORADA

Ao longo de 2019, os quase trinta mil estudantes e professores que frequentam ensaios da Osesp e concertos didáticos na Sala São Paulo terão aulas sobre a Nona, a “Ode à Alegria” e a história da escravidão no Brasil. “A presença dos cantores do Coro Acadêmico da Osesp e do Coral Jovem do Estado, lado a lado com o Coro da Osesp, nos concertos de dezembro, servirá de emblema do amplo trabalho de educação associado ao projeto e que é tão importante quanto a música ela mesma", comentou Nestrovski.

APLICATIVO DA OSESP

Que tal ter a Osesp na palma da sua mão? Conheça o nosso aplicativo, plataforma gratuita onde você encontra a programação completa da Temporada, pode adquirir ingressos para os concertos e conectar-se com diversos conteúdos, como vídeos e álbuns. Através dele ainda é possível apoiar os projetos educacionais que desenvolvemos. Se você é assinante, o aplicativo dá acesso direto ao banco de ingressos. Baixe agora mesmo na App Store ou no Google Play.